http://www.rossam.com.br/index.html
http://site.orplana.com.br/pages/caminhos-da-cana-2017/
http://bit.ly/2C9S3Bp
http:// http://bit.ly/2C9S3Bp
http://www.fmcagricola.com.br/index.aspx

Açúcar: contratos futuros sobem nas bolsas internacionais

Voltar

Açúcar

10/12/2018
  Compartilhe:

Os contratos futuros do açúcar fecharam em alta na última sexta-feira (7). Em Nova York, os contratos para março/19 foram firmados em 12.87 centavos de dólar por libra-peso, alta de 23 pontos. Na tela maio/19 os papéis fecharam em 12.97 centavos de dólar por libra-peso, valorização também de 23 pontos.
 
Em Londres, os contratos com vencimento em março/19 encerraram o dia em US$ 345,60 a tonelada, alta de 4 dólares. Os contratos para maio/19 foram firmados em US$ 352,20 a tonelada, alta de 4,70 dólares.
 
Para o consultor Arnaldo Luiz Corrêa, diretor da Archer Consulting, 2019 será um ano de prosperidade. "O setor tem uma grande oportunidade à frente. A melhora da economia vai implicar no aumento do consumo de dois itens que estão represados: combustíveis (porque a gasolina subiu muito devido à combinação petróleo em alta e real em queda e a renda do consumidor caiu) e alimentos e bebidas (menor renda). O preço da gasolina nos postos deverá cair refletindo a recente queda vertiginosa nos mercados globais e o consumo reprimido pode ser retomado", destaca.
 
São Paulo
 
Na sexta-feira (7), o indicador Cepea/Esalq para o açúcar cristal, estado de São Paulo, fechou em R$ 68,46/saca de 50 kg, desvalorização diária de 0,10%.

Fonte: UDOP

Açúcar: contratos futuros sobem nas bolsas internacionais

10/12/2018

Os contratos futuros do açúcar fecharam em alta na última sexta-feira (7). Em Nova York, os contratos para março/19 foram firmados em 12.87 centavos de dólar por libra-peso, alta de 23 pontos. Na tela maio/19 os papéis fecharam em 12.97 centavos de dólar por libra-peso, valorização também de 23 pontos.
 
Em Londres, os contratos com vencimento em março/19 encerraram o dia em US$ 345,60 a tonelada, alta de 4 dólares. Os contratos para maio/19 foram firmados em US$ 352,20 a tonelada, alta de 4,70 dólares.
 
Para o consultor Arnaldo Luiz Corrêa, diretor da Archer Consulting, 2019 será um ano de prosperidade. "O setor tem uma grande oportunidade à frente. A melhora da economia vai implicar no aumento do consumo de dois itens que estão represados: combustíveis (porque a gasolina subiu muito devido à combinação petróleo em alta e real em queda e a renda do consumidor caiu) e alimentos e bebidas (menor renda). O preço da gasolina nos postos deverá cair refletindo a recente queda vertiginosa nos mercados globais e o consumo reprimido pode ser retomado", destaca.
 
São Paulo
 
Na sexta-feira (7), o indicador Cepea/Esalq para o açúcar cristal, estado de São Paulo, fechou em R$ 68,46/saca de 50 kg, desvalorização diária de 0,10%.