http://site.orplana.com.br/pages/caminhos-da-cana-2017/
http://www.globalagribusinessforum.com/pt-br/
http://bit.ly/2ktdMMm
http://www.fenasucro.com.br/Expor/Quero-Expor/Beneficios/?utm_source=mediapartner&utm_campaign=vendas&utm_medium=banner&utm_content=canavieiros_vendas&utm_term=761x73_201803271729&preload[13935947]=mediapartner
http://https://www.fmcagricola.com.br/index.aspx
http://www.ideaonline.com.br/conteudo/14-seminario-sobre-controle-de-pragas-da-cana.html

Alta do dólar faz preços do açúcar despencarem nas bolsas internacionais

Voltar

Açúcar

08/06/2018

Os preços do açúcar fecharam em baixa na bolsa de Nova York ontem (7), devido à disparada do dólar em relação ao real, já que o movimento estimula as exportações brasileiras. No vencimento julho/18, os negócios voltaram à casa dos 11 cents de dólar, negociados em 11.73 centavos de dólar por libra-peso, queda de 47 pontos. Na tela agosto/18, as cotações caíram 45 pontos, com preços firmados em 12.02 centavos de dólar por libra-peso. Os demais contratos caíram entre 26 e 47 pontos.
 
"O mercado de açúcar está atento ao Brasil, onde o dólar fechou ontem em seu maior valor desde 1º de março de 2016, ante pressões domésticas e globais. Também ontem começou o período de rolagem de posições no mercado de açúcar dos fundos de índice, mas houve pouca diferença de preços entre os contratos de primeira e segunda posição", divulgou a nota do jornal Valor Econômico de hoje (8).
 
Em Londres, os preços do açúcar também despencaram em todos os lotes. Os negócios para agosto/18 foram firmados em US$ 335,60 a tonelada, baixa de 11,70 dólares. Na tela outubro/18, a queda foi de 10,10 dólares, com contratos fechados em US$ 333,30 a tonelada. Os outros contratos caíram entre 7,50 e 9,90 dólares.
 
Mercado interno
 
Os preços do açúcar no mercado doméstico voltaram a subir nesta quinta-feira (7), recuperando as perdas do valor anterior. De acordo com o marcador do Cepea/Esalq, da USP, a saca de 50 quilos do tipo cristal foi vendida a R$ 57,04, alta de 0,99%.
 
Etanol
 
Segundo o indicador diário Paulínia, o etanol hidratado voltou a subir ontem e foi comercializado a R$ 1.759,00 o metro cúbico, valorização de 0,11% em relação aos preços praticados na véspera.

Fonte: UDOP

Alta do dólar faz preços do açúcar despencarem nas bolsas internacionais

08/06/2018

Os preços do açúcar fecharam em baixa na bolsa de Nova York ontem (7), devido à disparada do dólar em relação ao real, já que o movimento estimula as exportações brasileiras. No vencimento julho/18, os negócios voltaram à casa dos 11 cents de dólar, negociados em 11.73 centavos de dólar por libra-peso, queda de 47 pontos. Na tela agosto/18, as cotações caíram 45 pontos, com preços firmados em 12.02 centavos de dólar por libra-peso. Os demais contratos caíram entre 26 e 47 pontos.
 
"O mercado de açúcar está atento ao Brasil, onde o dólar fechou ontem em seu maior valor desde 1º de março de 2016, ante pressões domésticas e globais. Também ontem começou o período de rolagem de posições no mercado de açúcar dos fundos de índice, mas houve pouca diferença de preços entre os contratos de primeira e segunda posição", divulgou a nota do jornal Valor Econômico de hoje (8).
 
Em Londres, os preços do açúcar também despencaram em todos os lotes. Os negócios para agosto/18 foram firmados em US$ 335,60 a tonelada, baixa de 11,70 dólares. Na tela outubro/18, a queda foi de 10,10 dólares, com contratos fechados em US$ 333,30 a tonelada. Os outros contratos caíram entre 7,50 e 9,90 dólares.
 
Mercado interno
 
Os preços do açúcar no mercado doméstico voltaram a subir nesta quinta-feira (7), recuperando as perdas do valor anterior. De acordo com o marcador do Cepea/Esalq, da USP, a saca de 50 quilos do tipo cristal foi vendida a R$ 57,04, alta de 0,99%.
 
Etanol
 
Segundo o indicador diário Paulínia, o etanol hidratado voltou a subir ontem e foi comercializado a R$ 1.759,00 o metro cúbico, valorização de 0,11% em relação aos preços praticados na véspera.