http://www.rossam.com.br/index.html
http://www.fmcagricola.com.br/index.aspx
http://site.orplana.com.br/pages/caminhos-da-cana-2017/

Conab fará leilão de 1 milhão de t de milho e agr para 70 mil t de arroz em casca

Voltar

Geral

23/04/2018
  Compartilhe:

O Ministério da Agricultura anunciou que a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) fará Aquisição do Governo Federal (AGF) de até 70 mil toneladas de arroz em casca da safra 2017/2018. Está prevista, ainda, a venda de até 1 milhão de toneladas de milho dos estoques públicos para criadores, por meio de leilões públicos.

Esses leilões, conforme informou a pasta, em nota, serão feitos para atender à demanda de suinocultores e avicultores, uma vez que o preço do grão sofreu alta repentina no mercado interno e afeta diretamente o custo de produção da atividade. O cereal está sendo vendido a quase R$ 40, a saca de 60 quilos. O primeiro pregão está marcado para o dia 27, com oferta de 200 mil toneladas a preço de mercado para os criadores interessados. Os estoques estão em Mato Grosso. Atualmente, o preço mínimo do grão está fixado em R$ 19,47 a saca de 60 kg, no Sul, Sudeste, Goiás e Distrito Federal. Nos outros Estados varia de R$ 16,71 a R$ 24,99.

Já em relação ao arroz, a AGF faz parte da Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM) para apoiar produtores e suas cooperativas quando o preço de mercado estiver abaixo do mínimo estabelecido para a safra. Atualmente, o preço mínimo do arroz está fixado em R$ 36,01 para a saca de 50 kg e o preço no mercado cotado em torno de R$ 35. "A compra do produto atende à reivindicação do setor orizícola gaúcho, responsável por cerca de 75% da produção nacional", diz a pasta.

Fonte: Broadcast Agro

Conab fará leilão de 1 milhão de t de milho e agr para 70 mil t de arroz em casca

23/04/2018

O Ministério da Agricultura anunciou que a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) fará Aquisição do Governo Federal (AGF) de até 70 mil toneladas de arroz em casca da safra 2017/2018. Está prevista, ainda, a venda de até 1 milhão de toneladas de milho dos estoques públicos para criadores, por meio de leilões públicos.

Esses leilões, conforme informou a pasta, em nota, serão feitos para atender à demanda de suinocultores e avicultores, uma vez que o preço do grão sofreu alta repentina no mercado interno e afeta diretamente o custo de produção da atividade. O cereal está sendo vendido a quase R$ 40, a saca de 60 quilos. O primeiro pregão está marcado para o dia 27, com oferta de 200 mil toneladas a preço de mercado para os criadores interessados. Os estoques estão em Mato Grosso. Atualmente, o preço mínimo do grão está fixado em R$ 19,47 a saca de 60 kg, no Sul, Sudeste, Goiás e Distrito Federal. Nos outros Estados varia de R$ 16,71 a R$ 24,99.

Já em relação ao arroz, a AGF faz parte da Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM) para apoiar produtores e suas cooperativas quando o preço de mercado estiver abaixo do mínimo estabelecido para a safra. Atualmente, o preço mínimo do arroz está fixado em R$ 36,01 para a saca de 50 kg e o preço no mercado cotado em torno de R$ 35. "A compra do produto atende à reivindicação do setor orizícola gaúcho, responsável por cerca de 75% da produção nacional", diz a pasta.