http://www.fenasucro.com.br/Expor/Quero-Expor/Beneficios/?utm_source=mediapartner&utm_campaign=vendas&utm_medium=banner&utm_content=canavieiros_vendas&utm_term=761x73_201803271729&preload[13935947]=mediapartner
http://https://www.fmcagricola.com.br/index.aspx
http://site.orplana.com.br/pages/caminhos-da-cana-2017/
http://bit.ly/2ktdMMm
http://www.ideaonline.com.br/conteudo/2-inovacana.html

Concentração da chuva muda sobre o BR até o fim do mês

Voltar

Meio Ambiente

22/01/2018

O sistema de alta pressão atmosférica conhecido como ASAS - Alta (pressão) Subtropical do Atlântico Sul se intensifica sobre o Sudeste e sobre o Centro-Oeste do Brasil nos próximos dias reduzindo as condições para chuva. O calor aumenta em todos os estados no período entre 20 e 24 de janeiro de 2018 e as pancadas de chuva serão mais esporádicas. A frente fria que passa pelo litoral do Rio de Janeiro durante o dia 20 não tem força para organizar a manter grandes áreas de instabilidade sobre o interior do Sudeste.
Porém, a partir do dia 25 de janeiro, o direcionamento do fluxo de umidade terá uma nova mudança sobre o país. A mudança na circulação dos ventos, em diversos níveis da atmosfera, fazer com que o ar úmido volte a se concentrar entre Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Tocantins e Pará. Isto vai facilitar a formação de áreas de instabilidade persistentes que vão provocar chuva frequente e por vezes fortes e volumosas.
Confira como deve ficar a chuva sobre o Brasil no período de 15 dias, entre 20 de janeiro e 3 de fevereiro de 2018 CLICANDO AQUI!

Fonte: Climatempo

Concentração da chuva muda sobre o BR até o fim do mês

22/01/2018

O sistema de alta pressão atmosférica conhecido como ASAS - Alta (pressão) Subtropical do Atlântico Sul se intensifica sobre o Sudeste e sobre o Centro-Oeste do Brasil nos próximos dias reduzindo as condições para chuva. O calor aumenta em todos os estados no período entre 20 e 24 de janeiro de 2018 e as pancadas de chuva serão mais esporádicas. A frente fria que passa pelo litoral do Rio de Janeiro durante o dia 20 não tem força para organizar a manter grandes áreas de instabilidade sobre o interior do Sudeste.
Porém, a partir do dia 25 de janeiro, o direcionamento do fluxo de umidade terá uma nova mudança sobre o país. A mudança na circulação dos ventos, em diversos níveis da atmosfera, fazer com que o ar úmido volte a se concentrar entre Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Tocantins e Pará. Isto vai facilitar a formação de áreas de instabilidade persistentes que vão provocar chuva frequente e por vezes fortes e volumosas.
Confira como deve ficar a chuva sobre o Brasil no período de 15 dias, entre 20 de janeiro e 3 de fevereiro de 2018 CLICANDO AQUI!