http://www.ideaonline.com.br/conteudo/17-produtividade-e-reducao-de-custos-2018.html
http://site.orplana.com.br/pages/caminhos-da-cana-2017/
http://www.rossam.com.br/index.html
http://www.fmcagricola.com.br/index.aspx

Contratos futuros do açúcar recuam nas bolsas internacionais

Voltar

Açúcar

29/10/2018
  Compartilhe:

Os contratos futuros do açúcar recuaram na sexta-feira (26), nas bolsas internacionais. Em Nova York os papéis para março/19 foram firmados em 13.84 centavos de dólar por libra-peso, queda de 13 pontos. Na tela maio/19 os papéis fecharam em 13.94 centavos de dólar por libra-peso, recuo de 12 pontos. Os demais contratos desvalorizaram entre 6 e 10 pontos cada.
 
Em Londres os contratos para dezembro/18 encerraram em US$ 372,90 a tonelada, queda de 8,50 dólares. Os contratos futuros para março/19 fecharam em US$ 372,60 a tonelada, queda de 6,90 dólares. Os demais contratos recuaram entre 2,70 e 5,10 dólares.
 
De acordo com o diretor da Archer Consulting, Arnaldo Luiz Corrêa, "muita fixação está sendo feita utilizando o NDF (contrato a termo de dólar com liquidação financeira), ou estruturas com opções que permitem um preço mínimo de remuneração ao acionista (aqui recomenda-se olhar o EBITDA) por meio de uma fence, que consiste na compra de uma put (opção de venda) financiada pela venda de uma call (opção de compra). Em outras palavras, ninguém parece estar disposto a cruzar os braços e não fazer nada esperando por preços melhores. Mas, existem várias razões fortes para continuar com as fixações", destaca.
 
São Paulo
 
O indicador Cepea/Esalq para o açúcar cristal, estado de São Paulo, fechou na sexta-feira em R$ 66,69/saca de 50 kg, registrando ligeira queda de 0,04%.

Fonte: UDOP

Contratos futuros do açúcar recuam nas bolsas internacionais

29/10/2018

Os contratos futuros do açúcar recuaram na sexta-feira (26), nas bolsas internacionais. Em Nova York os papéis para março/19 foram firmados em 13.84 centavos de dólar por libra-peso, queda de 13 pontos. Na tela maio/19 os papéis fecharam em 13.94 centavos de dólar por libra-peso, recuo de 12 pontos. Os demais contratos desvalorizaram entre 6 e 10 pontos cada.
 
Em Londres os contratos para dezembro/18 encerraram em US$ 372,90 a tonelada, queda de 8,50 dólares. Os contratos futuros para março/19 fecharam em US$ 372,60 a tonelada, queda de 6,90 dólares. Os demais contratos recuaram entre 2,70 e 5,10 dólares.
 
De acordo com o diretor da Archer Consulting, Arnaldo Luiz Corrêa, "muita fixação está sendo feita utilizando o NDF (contrato a termo de dólar com liquidação financeira), ou estruturas com opções que permitem um preço mínimo de remuneração ao acionista (aqui recomenda-se olhar o EBITDA) por meio de uma fence, que consiste na compra de uma put (opção de venda) financiada pela venda de uma call (opção de compra). Em outras palavras, ninguém parece estar disposto a cruzar os braços e não fazer nada esperando por preços melhores. Mas, existem várias razões fortes para continuar com as fixações", destaca.
 
São Paulo
 
O indicador Cepea/Esalq para o açúcar cristal, estado de São Paulo, fechou na sexta-feira em R$ 66,69/saca de 50 kg, registrando ligeira queda de 0,04%.