http://https://www.fmcagricola.com.br/index.aspx
http://www.rgis.com.br
http://www.ideaonline.com.br/conteudo/12-grande-encontro-sobre-variedades-de-cana-de-acucar.html
http://www.premiomulheresdoagro.com.br/
http://site.orplana.com.br/pages/caminhos-da-cana-2017/

Desvalorização do Real e ampla oferta mundial derrubam mais uma vez os preços do açúcar

Voltar

Açúcar

27/07/2018
  Compartilhe:

Os contratos futuros do açúcar fecharam ontem (26) em queda. Em Nova York, os contratos para outubro/18 foram firmados em 11.03 centavos de dólar por libra-peso, desvalorização de 16 pontos no comparativo com a véspera. Na tela março/19 os papéis fecharam em 11.90 cents/lb, queda de 9 pontos. Os demais contratos caíram 5 pontos cada.
 
Na bolsa de Londres, os contratos para outubro/18 fecharam em US$ 324,10 a tonelada, desvalorização de 3,30 dólares e os papéis para dezembro/18 foram firmados em US$ 323,40 a tonelada, queda de 2,30 dólares.
 
De acordo com a Agência Reuters, os preços foram pressionados pela fraqueza do real, o que encoraja os produtores brasileiros a vender, enquanto o foco do mercado permanecia na ampla oferta global, principalmente na Índia e na Tailândia. Outro ponto apontado é a falta de sinais altistas nos dados da produção do Brasil, anunciados nessa semana.
 
Mercado interno
 
No mercado interno o açúcar subiu nessa quinta-feira. Em São Paulo, a saca de 50 kg do açúcar cristal ficou em R$ 54,23, alta de 0,63%, pelo indicador Cepea/Esalq, da USP.
 
Etanol
 
O indicador diário do etanol hidratado Esalq/BM&FBovespa ficou em R$ 1.494,50 o metro cúbico, desvalorização de 1,09%.

Fonte: UDOP

Desvalorização do Real e ampla oferta mundial derrubam mais uma vez os preços do açúcar

27/07/2018

Os contratos futuros do açúcar fecharam ontem (26) em queda. Em Nova York, os contratos para outubro/18 foram firmados em 11.03 centavos de dólar por libra-peso, desvalorização de 16 pontos no comparativo com a véspera. Na tela março/19 os papéis fecharam em 11.90 cents/lb, queda de 9 pontos. Os demais contratos caíram 5 pontos cada.
 
Na bolsa de Londres, os contratos para outubro/18 fecharam em US$ 324,10 a tonelada, desvalorização de 3,30 dólares e os papéis para dezembro/18 foram firmados em US$ 323,40 a tonelada, queda de 2,30 dólares.
 
De acordo com a Agência Reuters, os preços foram pressionados pela fraqueza do real, o que encoraja os produtores brasileiros a vender, enquanto o foco do mercado permanecia na ampla oferta global, principalmente na Índia e na Tailândia. Outro ponto apontado é a falta de sinais altistas nos dados da produção do Brasil, anunciados nessa semana.
 
Mercado interno
 
No mercado interno o açúcar subiu nessa quinta-feira. Em São Paulo, a saca de 50 kg do açúcar cristal ficou em R$ 54,23, alta de 0,63%, pelo indicador Cepea/Esalq, da USP.
 
Etanol
 
O indicador diário do etanol hidratado Esalq/BM&FBovespa ficou em R$ 1.494,50 o metro cúbico, desvalorização de 1,09%.