http://site.orplana.com.br/pages/caminhos-da-cana-2017/
http://www.globalagribusinessforum.com/pt-br/
http://www.fenasucro.com.br/Expor/Quero-Expor/Beneficios/?utm_source=mediapartner&utm_campaign=vendas&utm_medium=banner&utm_content=canavieiros_vendas&utm_term=761x73_201803271729&preload[13935947]=mediapartner
http://https://www.fmcagricola.com.br/index.aspx

Etanol: hidratado cai 0,81% e anidro 1,92% na semana

Voltar

Etanol

07/05/2018

Os preços do etanol anidro e hidratado, medidos pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP caíram na semana de 30 de abril a 4 de maio. Os negócios com o biocombustível hidratado foram firmados em R$ 1,4468 o litro, contra R$ 1,4586 praticados na semana anterior, de 23 a 27 de abril, retração de 0,81%.

O etanol anidro também encerrou a semana desvalorizado. Usado na mistura à gasolina, o anidro firmou negócios em R$ 1,6328 o litro, na semana de 30 de abril a 4 de maio, queda de 1,92% no comparativo com os R$ 1,6647 praticados na semana anterior.
Etanol diário

Os preços do etanol hidratado, medidos pela Esalq/BM&F, fecharam a última sexta-feira (4) valorizados, após duas quedas consecutivas. Os negócios foram firmados em R$ 1.514,00 o metro cúbico, alta de 0,50% em relação aos preços praticados na véspera.

Fonte: UDOP

Etanol: hidratado cai 0,81% e anidro 1,92% na semana

07/05/2018

Os preços do etanol anidro e hidratado, medidos pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP caíram na semana de 30 de abril a 4 de maio. Os negócios com o biocombustível hidratado foram firmados em R$ 1,4468 o litro, contra R$ 1,4586 praticados na semana anterior, de 23 a 27 de abril, retração de 0,81%.

O etanol anidro também encerrou a semana desvalorizado. Usado na mistura à gasolina, o anidro firmou negócios em R$ 1,6328 o litro, na semana de 30 de abril a 4 de maio, queda de 1,92% no comparativo com os R$ 1,6647 praticados na semana anterior.
Etanol diário

Os preços do etanol hidratado, medidos pela Esalq/BM&F, fecharam a última sexta-feira (4) valorizados, após duas quedas consecutivas. Os negócios foram firmados em R$ 1.514,00 o metro cúbico, alta de 0,50% em relação aos preços praticados na véspera.