http://https://www.fmcagricola.com.br/index.aspx
http://www.globalagribusinessforum.com/pt-br/
http://www.fenasucro.com.br/Expor/Quero-Expor/Beneficios/?utm_source=mediapartner&utm_campaign=vendas&utm_medium=banner&utm_content=canavieiros_vendas&utm_term=761x73_201803271729&preload[13935947]=mediapartner
http://site.orplana.com.br/pages/caminhos-da-cana-2017/
http://bit.ly/2ktdMMm
http://www.ideaonline.com.br/conteudo/14-seminario-sobre-controle-de-pragas-da-cana.html

Exportação de açúcar cai e a de etanol sobe em maio

Voltar

Açúcar

04/06/2018

O Brasil exportou em maio 2,095 milhões de toneladas de açúcar bruto e refinado, queda de 14,14% em relação ao volume embarcado em igual período de 2017, de 2,440 milhões de toneladas. Quando comparado com as exportações de abril, de 1,021 milhão de toneladas, houve alta de 105,2%.

Dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) divulgados nesta sexta-feira mostram que, do total exportado no mês passado, 1,814 milhão de toneladas foram de açúcar demerara e 281,8 mil toneladas de refinado. Os dados consideram 21 dias úteis.

A receita obtida com a exportação do alimento em maio foi de US$ 634,5 milhões, 85,6% maior que a registrada em abril, de US$ 341,8 milhões, e 38,8% inferior à de maio de 2017, de US$ 1,036 bilhão. No acumulado dos cinco primeiros meses de 2018, o volume exportado atinge 8,660 milhões de toneladas, queda de 10,7% ante o período de janeiro a maio 2017, de 9,694 milhões, com receita de US$ 2,629 bilhões, recuo de 38% sobre o total de US$ 4,240 bilhões de igual intervalo de 2017.

Etanol

O Brasil exportou em maio 90,7 milhões de litros de etanol, alta de 8,5% na comparação com os 83,6 milhões de litros embarcados em igual período de 2017 e de 22,4% em relação aos 74,1 milhões de litros exportados em abril de 2018. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

A receita cambial com a venda do biocombustível alcançou US$ 51,3 milhões em maio, avanço de 8,23% ante os US$ 47,4 milhões registrados em abril. Já em relação aos US$ 46,5 milhões de maio de 2017, houve aumento de 10,3% no faturamento.

No acumulado de 2018, o volume exportado alcança 413,2 milhões de litros, redução de 3,6% ante os 428,6 milhões de litros embarcados nos primeiros cinco meses do ano passado. A receita totalizou US$ 255,1 milhões de janeiro a maio de 2018, 6,2% menor quando comparada ao faturamento de US$ 271,9 milhões acumulado em igual intervalo de 2017.

Fonte: Agência Estado

Exportação de açúcar cai e a de etanol sobe em maio

04/06/2018

O Brasil exportou em maio 2,095 milhões de toneladas de açúcar bruto e refinado, queda de 14,14% em relação ao volume embarcado em igual período de 2017, de 2,440 milhões de toneladas. Quando comparado com as exportações de abril, de 1,021 milhão de toneladas, houve alta de 105,2%.

Dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) divulgados nesta sexta-feira mostram que, do total exportado no mês passado, 1,814 milhão de toneladas foram de açúcar demerara e 281,8 mil toneladas de refinado. Os dados consideram 21 dias úteis.

A receita obtida com a exportação do alimento em maio foi de US$ 634,5 milhões, 85,6% maior que a registrada em abril, de US$ 341,8 milhões, e 38,8% inferior à de maio de 2017, de US$ 1,036 bilhão. No acumulado dos cinco primeiros meses de 2018, o volume exportado atinge 8,660 milhões de toneladas, queda de 10,7% ante o período de janeiro a maio 2017, de 9,694 milhões, com receita de US$ 2,629 bilhões, recuo de 38% sobre o total de US$ 4,240 bilhões de igual intervalo de 2017.

Etanol

O Brasil exportou em maio 90,7 milhões de litros de etanol, alta de 8,5% na comparação com os 83,6 milhões de litros embarcados em igual período de 2017 e de 22,4% em relação aos 74,1 milhões de litros exportados em abril de 2018. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

A receita cambial com a venda do biocombustível alcançou US$ 51,3 milhões em maio, avanço de 8,23% ante os US$ 47,4 milhões registrados em abril. Já em relação aos US$ 46,5 milhões de maio de 2017, houve aumento de 10,3% no faturamento.

No acumulado de 2018, o volume exportado alcança 413,2 milhões de litros, redução de 3,6% ante os 428,6 milhões de litros embarcados nos primeiros cinco meses do ano passado. A receita totalizou US$ 255,1 milhões de janeiro a maio de 2018, 6,2% menor quando comparada ao faturamento de US$ 271,9 milhões acumulado em igual intervalo de 2017.