http://www.rgis.com.br
http://https://www.fmcagricola.com.br/index.aspx
http://www.ideaonline.com.br/conteudo/12-grande-encontro-sobre-variedades-de-cana-de-acucar.html
http://site.orplana.com.br/pages/caminhos-da-cana-2017/
http://www.premiomulheresdoagro.com.br/

INTL FCstone estima safra 2018/19 em 592,5 mi de t e 2017/18 em 589 mi de t no Centro-Sul

Voltar

Cana-de-Açúcar

05/02/2018
  Compartilhe:

A INTL FCStone revisou hoje as estimativas de moagem das safras 2017/2018 e 2018/2019 de cana-de-açúcar no Centro-Sul do Brasil. Para o atual período 2017/18, cujo processamento praticamente acabou, a consultoria aumentou a previsão de 584,3 milhões para 589 milhões de toneladas, com uma moagem de 5,5 milhões de toneladas entre 16 de janeiro e 31 de março. "A chuvas no Centro-Sul favorecerem desenvolvimento das lavouras", informou a consultoria, em nota. Para a próxima safra, a partir de 1º de abril, devem ser processadas 592,5 milhões de toneladas de cana, alta de 0,6%.
 
A INTL FCStone estima que o Açúcar Total Recuperável por tonelada de cana processada (ATR/t) pode recuar 1,3% entre os períodos no Centro-Sul, para 135,2 quilos (kg) em 2018/2019", justamente por conta dos canaviais mais envelhecidos somados à projeção de uma distribuição da colheita mais próxima do usual ao longo das quinzenas da safra". A consultoria prevê uma safra mais alcooleira que a estimada em novembro e reduziu de 44% para 42,4% mix de destino de cana para o açúcar no Centro-Sul na próxima safra, ou seja, ampliou de 56% para 57,6% o mix de destino para o etanol.
 
"Assim, a produção de açúcar entre abril de 2018 e março de 2019 no Centro-Sul deve alcançar 32,4 milhões de toneladas, 10% abaixo da produção estimada para 2017/2018. Já a produção total de etanol deve ficar em 27,1 bilhões de litros, subdividida em 16,4 bilhões de litros de etanol hidratado (+7,2% no comparativo anual) e 10,7 bilhões litros de anidro (+2,2%)", relatou a consultoria.

*Texto extraído da coluna Broadcast do Agro.

Fonte: Broadcast do Agro

INTL FCstone estima safra 2018/19 em 592,5 mi de t e 2017/18 em 589 mi de t no Centro-Sul

05/02/2018

A INTL FCStone revisou hoje as estimativas de moagem das safras 2017/2018 e 2018/2019 de cana-de-açúcar no Centro-Sul do Brasil. Para o atual período 2017/18, cujo processamento praticamente acabou, a consultoria aumentou a previsão de 584,3 milhões para 589 milhões de toneladas, com uma moagem de 5,5 milhões de toneladas entre 16 de janeiro e 31 de março. "A chuvas no Centro-Sul favorecerem desenvolvimento das lavouras", informou a consultoria, em nota. Para a próxima safra, a partir de 1º de abril, devem ser processadas 592,5 milhões de toneladas de cana, alta de 0,6%.
 
A INTL FCStone estima que o Açúcar Total Recuperável por tonelada de cana processada (ATR/t) pode recuar 1,3% entre os períodos no Centro-Sul, para 135,2 quilos (kg) em 2018/2019", justamente por conta dos canaviais mais envelhecidos somados à projeção de uma distribuição da colheita mais próxima do usual ao longo das quinzenas da safra". A consultoria prevê uma safra mais alcooleira que a estimada em novembro e reduziu de 44% para 42,4% mix de destino de cana para o açúcar no Centro-Sul na próxima safra, ou seja, ampliou de 56% para 57,6% o mix de destino para o etanol.
 
"Assim, a produção de açúcar entre abril de 2018 e março de 2019 no Centro-Sul deve alcançar 32,4 milhões de toneladas, 10% abaixo da produção estimada para 2017/2018. Já a produção total de etanol deve ficar em 27,1 bilhões de litros, subdividida em 16,4 bilhões de litros de etanol hidratado (+7,2% no comparativo anual) e 10,7 bilhões litros de anidro (+2,2%)", relatou a consultoria.

*Texto extraído da coluna Broadcast do Agro.