http://site.orplana.com.br/pages/caminhos-da-cana-2017/
http://www.rossam.com.br/index.html
http://www.fmcagricola.com.br/index.aspx

Plantio de milho atinge 65% da área de verão 2018/2019 no Centro-Sul

Voltar

Geral

06/11/2018
  Compartilhe:

A primeira safra de milho 2018/2019 no Centro-Sul do Brasil estava 65% plantada até quinta-feira (1º de novembro), de acordo com levantamento semanal da AgRural, divulgado nesta segunda-feira (5/11). O número representa avanço de 13 pontos porcentuais em uma semana, além de superar os 49% do ano passado e os 57% da média de cinco anos.
 
Os trabalhos estão encerrados no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina e muito próximos do fim no Paraná (97%). Nos demais Estados produtores do Centro-Sul, a área já semeada atingiu 40% em São Paulo, 38% em Minas Gerais e 9% em Goiás.
 
A AgRural estima a área plantada com milho verão no Centro-Sul do país em 2,928 milhões de hectares, com aumento anual de 2,6%. A produção, por enquanto baseada em linha de tendência de produtividade, é calculada em 22 milhões de toneladas, ante 20,3 milhões em 2017/2018.
 
Texto extraído da revista Isto É Dinheiro.

Fonte: Estadão Conteúdo

Plantio de milho atinge 65% da área de verão 2018/2019 no Centro-Sul

06/11/2018

A primeira safra de milho 2018/2019 no Centro-Sul do Brasil estava 65% plantada até quinta-feira (1º de novembro), de acordo com levantamento semanal da AgRural, divulgado nesta segunda-feira (5/11). O número representa avanço de 13 pontos porcentuais em uma semana, além de superar os 49% do ano passado e os 57% da média de cinco anos.
 
Os trabalhos estão encerrados no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina e muito próximos do fim no Paraná (97%). Nos demais Estados produtores do Centro-Sul, a área já semeada atingiu 40% em São Paulo, 38% em Minas Gerais e 9% em Goiás.
 
A AgRural estima a área plantada com milho verão no Centro-Sul do país em 2,928 milhões de hectares, com aumento anual de 2,6%. A produção, por enquanto baseada em linha de tendência de produtividade, é calculada em 22 milhões de toneladas, ante 20,3 milhões em 2017/2018.
 
Texto extraído da revista Isto É Dinheiro.