http://www.fenasucro.com.br/Expor/Quero-Expor/Beneficios/?utm_source=mediapartner&utm_campaign=vendas&utm_medium=banner&utm_content=canavieiros_vendas&utm_term=761x73_201803271729&preload[13935947]=mediapartner
http://site.orplana.com.br/pages/caminhos-da-cana-2017/
http://www.globalagribusinessforum.com/pt-br/
http://https://www.fmcagricola.com.br/index.aspx

Preços do açúcar atingem menor valor desde 2008 na bolsa de Nova York

Voltar

Agricultura

25/04/2018

A sessão realizada na bolsa de Nova York ontem (24) terminou com queda de sete pontos nos contratos do açúcar para o vencimento maio/18, firmados em 11.14 centavos de dólar por libra-peso. Este é o menor valor da commodity desde dezembro de 2008. Na tela julho/18, os negócios foram fechados em 11.38 centavos de dólar por libra-peso, retração de dois pontos. As demais telas caíram entre três e oito pontos.

Os analistas do jornal Valor Econômico apontaram que só neste ano, a commodity acumula desvalorização de quase 25%, determinada pelas previsões de superávit na oferta mundial. "A FCStone estima que a oferta deverá superar a demanda em 6,9 milhões de toneladas em 2017/18. Já o Rabobank estima um excedente de 7,6 milhões de toneladas para o mesmo ciclo. Se confirmado, esse será o segundo maior resultado dos últimos dez anos", informou ainda a nota do Valor de hoje (25).

Em Londres, os preços do açúcar também caíram em todos os lotes. No vencimento agosto/18, a commodity foi comercializada a US$ 324,50 a tonelada, queda de 4,70 dólares. Na tela outubro/18, os negócios tiveram baixa de 3,30 dólares, vendidos a US$ 320,80 a tonelada. Os demais contratos caíram entre 1,90 e 2,80 dólares.

Mercado interno
No Brasil, os preços do açúcar, medidos pelo Cepea/Esalq, da USP, caíram pela primeira vez em três dias. A saca de 50 quilos do tipo cristal foi vendida a R$ 55,80, ontem (24), queda de 0,32% no comparativo com o dia anterior.

Etanol
O etanol hidratado, vendido pelas usinas paulistas, foi negociado em R$ 1.527,50 o metro cúbico, retração de 0,20% no comparativo entre os dias.


Fonte: UDOP

Preços do açúcar atingem menor valor desde 2008 na bolsa de Nova York

25/04/2018

A sessão realizada na bolsa de Nova York ontem (24) terminou com queda de sete pontos nos contratos do açúcar para o vencimento maio/18, firmados em 11.14 centavos de dólar por libra-peso. Este é o menor valor da commodity desde dezembro de 2008. Na tela julho/18, os negócios foram fechados em 11.38 centavos de dólar por libra-peso, retração de dois pontos. As demais telas caíram entre três e oito pontos.

Os analistas do jornal Valor Econômico apontaram que só neste ano, a commodity acumula desvalorização de quase 25%, determinada pelas previsões de superávit na oferta mundial. "A FCStone estima que a oferta deverá superar a demanda em 6,9 milhões de toneladas em 2017/18. Já o Rabobank estima um excedente de 7,6 milhões de toneladas para o mesmo ciclo. Se confirmado, esse será o segundo maior resultado dos últimos dez anos", informou ainda a nota do Valor de hoje (25).

Em Londres, os preços do açúcar também caíram em todos os lotes. No vencimento agosto/18, a commodity foi comercializada a US$ 324,50 a tonelada, queda de 4,70 dólares. Na tela outubro/18, os negócios tiveram baixa de 3,30 dólares, vendidos a US$ 320,80 a tonelada. Os demais contratos caíram entre 1,90 e 2,80 dólares.

Mercado interno
No Brasil, os preços do açúcar, medidos pelo Cepea/Esalq, da USP, caíram pela primeira vez em três dias. A saca de 50 quilos do tipo cristal foi vendida a R$ 55,80, ontem (24), queda de 0,32% no comparativo com o dia anterior.

Etanol
O etanol hidratado, vendido pelas usinas paulistas, foi negociado em R$ 1.527,50 o metro cúbico, retração de 0,20% no comparativo entre os dias.