http://site.orplana.com.br/pages/caminhos-da-cana-2017/
http://https://www.fmcagricola.com.br/index.aspx
http://www.ideaonline.com.br/conteudo/12-grande-encontro-sobre-variedades-de-cana-de-acucar.html

Preços do açúcar despencam em Nova York e Londres; mercado interno continua em alta

Voltar

Açúcar

24/04/2018

Os preços do açúcar caíram bruscamente na primeira sessão da bolsa de Nova York da semana. Segundo a nota veiculada no jornal Valor Econômico de hoje (24), o aumento das perdas acumuladas do açúcar se deve a liquidação de posições por parte dos fundos.

Ontem (23), no vencimento maio/18, a commodity teve negócios firmados em 11.21 centavos de dólar por libra-peso na bolsa norte-americana, retração de 43 pontos no comparativo com os preços de sexta-feira. Na tela julho/18, os contratos foram negociados em 11.40 centavos de dólar por libra-peso, queda de 47 pontos. As demais telas caíram entre 34 e 43 pontos.

"Segundo a Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC, na sigla em inglês), os fundos mantinham um saldo líquido vendido de 157.305 contratos no último dia 17 - recuo de 4,2% ante o registrado uma semana antes. De acordo com analistas, a movimentação indicaria uma realização de lucros a partir da liquidação de posições vendidas", informou o jornal.

Em Londres, o dia também fechou em baixa em todos os lotes. No vencimento agosto/18, a commodity foi comercializada a US$ 329,20 a tonelada, desvalorização de 13,20 dólares. A tela outubro/18 teve os preços do açúcar negociados a US$ 324,10 a tonelada, baixa de 11,10 dólares. Os demais contratos caíram entre 7,60 e 10,30 dólares.

Mercado interno
Os preços do açúcar no mercado doméstico, medidos pelo Cepea/Esalq, da USP, fecharam em alta ontem (23), pela terceira vez consecutiva. A saca de 50 quilos do tipo cristal foi vendida a R$ 55,98, valorização de 0,25% no comparativo com o dia anterior.

Etanol
Ontem, o etanol hidratado, medido pela Esalq/BM&F foi comercializado a R$ 1.530,50 o metro cúbico, retração de 0,78% quando comparado aos preços praticados na véspera.

Fonte: UDOP

Preços do açúcar despencam em Nova York e Londres; mercado interno continua em alta

24/04/2018

Os preços do açúcar caíram bruscamente na primeira sessão da bolsa de Nova York da semana. Segundo a nota veiculada no jornal Valor Econômico de hoje (24), o aumento das perdas acumuladas do açúcar se deve a liquidação de posições por parte dos fundos.

Ontem (23), no vencimento maio/18, a commodity teve negócios firmados em 11.21 centavos de dólar por libra-peso na bolsa norte-americana, retração de 43 pontos no comparativo com os preços de sexta-feira. Na tela julho/18, os contratos foram negociados em 11.40 centavos de dólar por libra-peso, queda de 47 pontos. As demais telas caíram entre 34 e 43 pontos.

"Segundo a Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC, na sigla em inglês), os fundos mantinham um saldo líquido vendido de 157.305 contratos no último dia 17 - recuo de 4,2% ante o registrado uma semana antes. De acordo com analistas, a movimentação indicaria uma realização de lucros a partir da liquidação de posições vendidas", informou o jornal.

Em Londres, o dia também fechou em baixa em todos os lotes. No vencimento agosto/18, a commodity foi comercializada a US$ 329,20 a tonelada, desvalorização de 13,20 dólares. A tela outubro/18 teve os preços do açúcar negociados a US$ 324,10 a tonelada, baixa de 11,10 dólares. Os demais contratos caíram entre 7,60 e 10,30 dólares.

Mercado interno
Os preços do açúcar no mercado doméstico, medidos pelo Cepea/Esalq, da USP, fecharam em alta ontem (23), pela terceira vez consecutiva. A saca de 50 quilos do tipo cristal foi vendida a R$ 55,98, valorização de 0,25% no comparativo com o dia anterior.

Etanol
Ontem, o etanol hidratado, medido pela Esalq/BM&F foi comercializado a R$ 1.530,50 o metro cúbico, retração de 0,78% quando comparado aos preços praticados na véspera.