http://https://www.fmcagricola.com.br/index.aspx
http://site.orplana.com.br/pages/caminhos-da-cana-2017/
http://www.ideaonline.com.br/conteudo/12-grande-encontro-sobre-variedades-de-cana-de-acucar.html

Preços do açúcar seguem em queda no mercado internacional

Voltar

Açúcar

14/05/2018

A bolsa de Nova York encerrou a última sexta-feira (11) com preços em queda. Na tela julho/18, a baixa foi de cinco pontos, com negócios firmados em 11.22 centavos de dólar por libra-peso. No vencimento outubro/18, a commodity foi negociada em 11.60 centavos de dólar por libra-peso, queda de sete pontos. Nos demais contratos, os preços caíram entre 11 e 18 pontos.
 
Segundo o diretor da Archer Consulting, Arnaldo Luiz Côrrea, em seu comentário semanal sobre o mercado de açúcar mundial, essa é a décima primeira semana seguida que o mercado de Nova York fecha em baixa.
 
"O atraso na efetivação dos hedges de venda por algumas das usinas, tendo inclusive uma parte desse volume ainda referente à safra 2017/2018 que foi sendo rolada ad infinitum na esperança de dias melhores, e a piora na percepção da trajetória do real em relação à moeda americana em função do cenário externo, e também da saída de investidores estrangeiros, pressionaram ainda mais as cotações do açúcar", afirmou Côrrea.
 
Em Londres, os preços do açúcar também caíram em todos os lotes, encerrando a semana em baixa. No vencimento agosto/18, os negócios foram firmados em US$ 320,70 a tonelada, queda de 2,70 dólares. Os contratos para outubro/18 foram comercializados a US$ 315,70 a tonelada, desvalorização também de 2,70 dólares. As demais telas tiveram retração entre 2,50 e 3,30 dólares.
 
Mercado doméstico
 
No Brasil, os preços da saca de 50 quilos do tipo cristal sofreram queda de 0,46% na última sexta-feira (11), negociados em R$ 53,56.

Fonte: UDOP

Preços do açúcar seguem em queda no mercado internacional

14/05/2018

A bolsa de Nova York encerrou a última sexta-feira (11) com preços em queda. Na tela julho/18, a baixa foi de cinco pontos, com negócios firmados em 11.22 centavos de dólar por libra-peso. No vencimento outubro/18, a commodity foi negociada em 11.60 centavos de dólar por libra-peso, queda de sete pontos. Nos demais contratos, os preços caíram entre 11 e 18 pontos.
 
Segundo o diretor da Archer Consulting, Arnaldo Luiz Côrrea, em seu comentário semanal sobre o mercado de açúcar mundial, essa é a décima primeira semana seguida que o mercado de Nova York fecha em baixa.
 
"O atraso na efetivação dos hedges de venda por algumas das usinas, tendo inclusive uma parte desse volume ainda referente à safra 2017/2018 que foi sendo rolada ad infinitum na esperança de dias melhores, e a piora na percepção da trajetória do real em relação à moeda americana em função do cenário externo, e também da saída de investidores estrangeiros, pressionaram ainda mais as cotações do açúcar", afirmou Côrrea.
 
Em Londres, os preços do açúcar também caíram em todos os lotes, encerrando a semana em baixa. No vencimento agosto/18, os negócios foram firmados em US$ 320,70 a tonelada, queda de 2,70 dólares. Os contratos para outubro/18 foram comercializados a US$ 315,70 a tonelada, desvalorização também de 2,70 dólares. As demais telas tiveram retração entre 2,50 e 3,30 dólares.
 
Mercado doméstico
 
No Brasil, os preços da saca de 50 quilos do tipo cristal sofreram queda de 0,46% na última sexta-feira (11), negociados em R$ 53,56.