http://www.fmcagricola.com.br/index.aspx
http://www.rossam.com.br/index.html
http://site.orplana.com.br/pages/caminhos-da-cana-2017/

Secretaria de Agricultura e Abastecimento destina R$ 16 milhões para o Seguro Rural

Voltar

Agricultura

16/11/2018
  Compartilhe:

O clima é o principal fator de risco para a produção agrícola. Temporais, secas prolongadas e geadas podem comprometer a renda do agricultor por muitos anos. Para minimizar os riscos, foi autorizado pelo secretário Francisco Sérgio Ferreira Jardim, titular da Pasta de Agricultura e Abastecimento, o remanejamento de R$ 16 milhões do Fundo de Expansão do Agronegócio Paulista (Feap) para a subvenção do Prêmio de Seguro Rural.
 
Somados aos R$ 25 milhões que já haviam sido liberados no início do ano, o montante total de R$ 41 milhões é o maior valor já liberado pelo Governo do Estado para essa finalidade. Trata-se de uma demanda do setor, que contou com o apoio do deputado federal Arnaldo Jardim, ex-secretário de Agricultura e representante da Frente Parlamentar da Agropecuária, e do deputado estadual Itamar Borges, presidente da Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp). A medida beneficiará centenas de pequenos e médios produtores.
 
Com o seguro rural, o produtor pode minimizar suas perdas e recuperar parte do capital investido na lavoura. Ao contratar o benefício, o agricultor - pessoa física ou jurídica - poderá optar pelas modalidades: agrícola, pecuário, de florestas e aquícola. O Limite de subvenção é de R$ 25 mil por beneficiário. As culturas e atividades incluídas no programa foram analisadas com base na sua importância econômica, potencialidades de mercado, características de produção e importância local.
 
Os interessados deverão procurar uma corretora de seguros ou agência do Banco do Brasil a partir do dia 21 de novembro de 2018 para, no ato da contratação do seguro rural, solicitar a subvenção através das empresas seguradoras credenciadas. O benefício será concedido por intermédio das empresas seguradoras, mediante a dedução do montante correspondente ao valor da subvenção estadual do prêmio de seguro rural a ser pago pelo produtor.
 

Fonte: Assessoria de Comunicação - Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo

Secretaria de Agricultura e Abastecimento destina R$ 16 milhões para o Seguro Rural

16/11/2018

O clima é o principal fator de risco para a produção agrícola. Temporais, secas prolongadas e geadas podem comprometer a renda do agricultor por muitos anos. Para minimizar os riscos, foi autorizado pelo secretário Francisco Sérgio Ferreira Jardim, titular da Pasta de Agricultura e Abastecimento, o remanejamento de R$ 16 milhões do Fundo de Expansão do Agronegócio Paulista (Feap) para a subvenção do Prêmio de Seguro Rural.
 
Somados aos R$ 25 milhões que já haviam sido liberados no início do ano, o montante total de R$ 41 milhões é o maior valor já liberado pelo Governo do Estado para essa finalidade. Trata-se de uma demanda do setor, que contou com o apoio do deputado federal Arnaldo Jardim, ex-secretário de Agricultura e representante da Frente Parlamentar da Agropecuária, e do deputado estadual Itamar Borges, presidente da Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp). A medida beneficiará centenas de pequenos e médios produtores.
 
Com o seguro rural, o produtor pode minimizar suas perdas e recuperar parte do capital investido na lavoura. Ao contratar o benefício, o agricultor - pessoa física ou jurídica - poderá optar pelas modalidades: agrícola, pecuário, de florestas e aquícola. O Limite de subvenção é de R$ 25 mil por beneficiário. As culturas e atividades incluídas no programa foram analisadas com base na sua importância econômica, potencialidades de mercado, características de produção e importância local.
 
Os interessados deverão procurar uma corretora de seguros ou agência do Banco do Brasil a partir do dia 21 de novembro de 2018 para, no ato da contratação do seguro rural, solicitar a subvenção através das empresas seguradoras credenciadas. O benefício será concedido por intermédio das empresas seguradoras, mediante a dedução do montante correspondente ao valor da subvenção estadual do prêmio de seguro rural a ser pago pelo produtor.